Alta cria para Travel Technology Interactive

Alta cria para Travel Technology Interactive

Novidade

Com sede em Paris e escritório em Ribeirão Preto, a Travel Technology Interactive entra para o portfólio de clientes da Alta. A Alta Comunicazione desenvolveu todo o branding da marca e campanha institucional para a TTI - Travel Technology Interactive, uma empresa multinacional que cria e desenvolve soluções de gestão TI dedicadas à indústria de transportes (companhias aéreas regulares, companhias aéreas de carga e ferries).

Para mostrar que a evolução pode ser simples, a Alta utiliza um novo conceito que tem o objetivo de conquistar o mercado e aliar os produtos TTI à qualidade que eles oferecem. A renovação gráfica juntamente com o posicionamento foram projetados para acompanhar o crescimento da empresa, que está inovando também nos produtos que oferece ao seu público consumidor. A nova logomarca TTI já pode ser vista no site e em outros materiais da empresa. O primeiro anúncio será veiculado em revistas internacionais. 

A TTI - Travel Technology Interactive Empresa internacional e líder em TI, fornecedora das mais novas soluções tecnológicas aos clientes na Europa, África, Américas, Caribe, Oriente Médio e Pacífico. No Brasil, atende Avianca, Sete, Passaredo e Pop. Ao todo, são 40 clientes no mundo todo.  

Travel Technology Interactive provides you with innovative airline management solutions, based on the latest technological advances, strategically positioning your airline in today's competitive business world.  

Confira mais trabalhos da Alta: www.altacomunicazione.com.br  

Acesse também:

Twitter – @altacomunica
Pinterest: altacomunica
Facebook:  altacomunica

Ficha Técnica:  

Agência: Alta Comunicazione
Cliente: TTI - Travel Technology Interactive 
Diretor de Criação: Zeppa Tudisco 
Diretor de Planejamento: Roberto Furlan 
Diretor Área Digital: Miguel El Debs 
Direção de Arte: Murilo Shimizu 
Redação: Zeppa Tudisco/Maurício Falleiros
Atendimento: Mari Barcellos
Aprovação: José Mario Restini (Brasil) 
Aprovação: Grégoire Echalier (França)